Veja como começar um negócio do zero

Vamos pensar em seu plano para começar um negócio do zero. O que você precisa: dinheiro para investir? tempo? ou é apenas falta de planejamento? Chegou a hora de superar esses obstáculos e colocar suas ideias no papel.

Não se deixe enganar por pensar que o ambiente competitivo é um motivo para adiar seus planos de negócios. Você encontrará as melhores dicas para iniciar um negócio de sucesso em nosso guia detalhado. Dê uma olhada.

Espírito do Empreendedorismo
O empreendedorismo é um sonho para inúmeras pessoas. Assim como as empresas começaram por oportunidade, a recessão financeira também impulsionou as empresas iniciadas por necessidade e dirigidas por pessoas que recentemente ficaram desempregadas ou precisam ganhar algum dinheiro extra.

O lado negativo é que muitos dos negócios iniciados por necessidade não são muito inovadores e empregam profissionais sem espírito empreendedor. Para fazer melhor, você precisa de organização, vontade e paciência. A paixão por uma ideia também contribui para o sucesso de uma marca.

A combinação destas habilidades pode ser chamada de perfil empresarial. Um líder deve ser capaz de identificar seus pontos fortes e suas limitações a fim de apreciar seu potencial.

Habilidades de liderança, habilidades motivacionais, boa comunicação, otimismo, tomada de decisões e visão são bem-vindas se o objetivo for criar uma empresa a partir do zero.


Ideia própria x franquia
Poucas pessoas querem investir todas as suas economias em um negócio, não é mesmo? Iniciar um negócio a partir do zero traz consigo certos desafios que nem todos os gerentes podem enfrentar. O sucesso é possível se o empresário for responsável e comprometido, mas os riscos não devem ser negligenciados.

O mercado de franquias é uma opção segura para aqueles que querem direcionar seus investimentos com mais segurança. Para aqueles que não estão dispostos a assumir o risco de criar sua própria marca, a franquia é uma alternativa adequada.

Como franqueado, o empresário já entra no mercado com uma marca já consolidada. Por se tratar de franquia de uma loja que já existe, vai ser mais fácil evitar riscos de investimento. As vantagens deste modelo são também o marketing bem estruturado e as melhorias disponíveis para a equipe parceira.


5 dicas para iniciar um negócio a partir do zero
Você decidiu iniciar um negócio, seja por oportunidade ou por necessidade. Quer você tenha decidido lançar sua própria ideia ou entrar no mercado de franquias, estas etapas o ajudarão a começar seu negócio da melhor maneira possível:

1. Preparar um plano de negócios
Um plano de negócios é o primeiro passo a ser dado se você decidir se tornar um empresário. Um processo que parece complicado a princípio torna-se mais fácil se você fizer pesquisas, ler sobre o assunto, confiar no franqueador se houver um.

Desenvolver um plano significa definir para onde seu negócio deve ir e qual caminho que você vai tomar para alcançar suas metas e objetivos. Parte desta etapa é o planejamento financeiro, que mostra objetivamente quanto o empresário pode gastar em cada área.

Alguns gerentes acham esta questão muito complexa e a adiam. Este é um erro fatal que não deve ser cometido.

Se as metas forem traçadas e as estratégias definidas antes de abrir sua empresa, você vai economizar dinheiro ao iniciar o negócio a partir do zero.


2. Pesquise seu Público-alvo
O plano de negócios de uma empresa é feito sob medida para conhecer o grupo alvo que sua marca irá servir. Ele o ajuda a escolher o melhor local da cidade para montar sua loja e desenvolver estratégias de marketing adaptadas ao seu público-alvo (o cliente ideal).

Para conhecer seu público-alvo, um gerente não deve ser preguiçoso quando se trata de pesquisa. Com a pesquisa, você tem que ir a campo e pedir às pessoas no terreno para responder perguntas que possam ajudar a esclarecer o problema. 

Ao pesquisar o cliente ideal, o empresário deve saber a faixa etária assumida do cliente, onde o grupo alvo está localizado, quanto dinheiro o grupo alvo gasta em média e que problemas eles têm. Seu posicionamento no mercado será mais forte e mais eficaz.

Pode parecer estranho falar dos "problemas" dos consumidores, mas quando eles entram numa loja, estão à procura de um produto ou serviço que possa resolver seu problema. É importante saber o que seu público-alvo realmente quer.

3. Investir em marketing
Você acha que é muito cedo para planejar seu marketing? É hora de repensar isso. O marketing não se trata apenas de promover seus produtos uma vez que sua loja esteja pronta e funcionando. Trata-se também de introduzir novos clientes em seus negócios.

O marketing também tem a ver com a atração desses clientes potenciais, chamados de leads. Uma vez que você os tenha apresentado a seus produtos e serviços, é importante certificar-se de levá-los através do chamado funil de vendas.

A tubulação ou funil é o caminho que sua empresa deve seguir com o consumidor, desde o interesse inicial na loja até se tornar um cliente fiel.


4. Encontre um diferencial competitivo
O diferencial competitivo de uma marca é o que a diferencia da concorrência. O diferencial competitivo de uma empresa inclui os conceitos de "valor" e "preço". Você sabe como separá-los?

O preço é um número alvo em uma etiqueta que indica quanto o cliente tem que pagar por um produto ou serviço. O valor, por outro lado, é subjetivo e depende da percepção do cliente. Aprenda a gerar e agregar valor.

Por que um consumidor pagaria mais por um produto de uma marca conhecida quando existe uma alternativa mais barata com as mesmas características que o primeiro produto? A resposta é valor.

Acrescentar valor deve ser o objetivo de sua organização desde o início. Aqueles que querem construir um negócio a partir do zero devem estar dispostos a investir em sua vantagem competitiva para se adiantarem em um mercado cada vez mais competitivo.

O atendimento ao cliente é o diferencial que se destaca aos olhos dos consumidores. Invista nas habilidades de seus funcionários, incluindo treinamento contínuo. O registro do cliente também ajuda.

5. Gestão de processos
A coleta de dados e a manutenção de registros não têm sentido se o gerente não utilizar os dados em seu trabalho. Lembre-se de avaliar o desempenho dos funcionários e medir o sucesso de cada estratégia implementada.

Cada processo deve ser bem gerenciado e avaliado após a implementação. Para otimizar a precisão das análises, o empresário que aceita o desafio de iniciar seu negócio a partir do zero deve ter suporte tecnológico.